10 de ago de 2017

Amor da espera

E quando terei
                 novo pecado
               pra saber do encanto
E tudo será
                 tão doido
                   do desejo de agora
Que nos impõe
                 o clamar dum grito
                                 de gozo
Aquele todo sentido
                   perdido e pra todos
                          delicioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário